Como o advogado previdenciário pode ajudar na aposentadoria dos trabalhadores do mármore e granito

A busca pela aposentadoria é um processo que pode ser complicado, que pode forçar o segurado do INSS a ter que ir atrás de leis e normas previdenciárias. 

No caso dos trabalhadores do setor de mármore e granito, a aposentadoria especial é um direito garantido por lei, mas que muitas vezes é difícil de ser concedido pelo INSS quando o pedido não é feito corretamente. 

A contratação de um advogado previdenciário qualificado pode fazer toda a diferença na busca pela aposentadoria. 

Vamos dar dicas e orientações de como contratar um bom advogado para te ajudar na hora de pedir a sua aposentadoria.

Avante!

1. O trabalhador de mármore e granito tem direito a qual aposentadoria?

O trabalhador do setor de mármore e granito trabalha em um ambiente insalubre, com grande exposição a poeira, ruídos, vibrações e riscos físicos, o que pode acarretar danos à saúde. 

Esses profissionais podem ter direito à Aposentadoria Especial, um benefício previdenciário que reconhece o tempo de serviço prestado em atividades consideradas prejudiciais à saúde ou à integridade física do trabalhador.

Infelizmente, muitos trabalhadores enfrentam dificuldades para comprovar o tempo de serviço em atividades especiais ou até mesmo comprovar a exposição a agentes nocivos à saúde. 

Em grande parte dos casos isso acontece pela falta de informações,  orientações específicas e dificuldades de organizar e juntar a documentação necessária.

Comprovar as condições especiais para o INSS é fundamental para garantir o reconhecimento do tempo insalubre.

O advogado previdenciário é um profissional capacitado e especializado em Direito Previdenciário.

Ele pode ajudar o trabalhador do mármore e granito a comprovar as condições necessárias para ter direito à Aposentadoria Especial. 

Além disso, ele pode orientar o segurado sobre outras opções de benefícios previdenciários, de acordo com suas necessidades e particularidades.

2. Por que a Aposentadoria Especial do marmorista é difícil?

A comprovação dos requisitos para a concessão da Aposentadoria Especial do marmorista pode ser difícil porque envolve a análise de diversos fatores.

Apesar de ser um direito garantido por lei, a comprovação do tempo de trabalho em condições especiais de exposição a agentes nocivos é complexa.

Muitas vezes exige um trabalho de investigação detalhada.

O trabalho envolve análise de como a atividade foi exercida,  a conferência do tempo de exposição a agentes nocivos e a verificação das condições ambientais do local de trabalho.

Além disso, a burocracia do processo previdenciário e a exigência de documentação específica pode dificultar ainda mais a obtenção do benefício.

E ainda, pode acontecer de empregadores não fornecerem os documentos necessários para comprovar essas condições.

3. Quem é o advogado previdenciário?

Como dissemos no começo deste post, o advogado previdenciário é um profissional do direito que possui conhecimentos específicos sobre as leis e normas que regem a concessão de benefícios previdenciários

Ele pode auxiliar o segurado a entender seus direitos, comprovar as condições necessárias e ingressar com as ações judiciais cabíveis.

Sua função é ajudar o segurado a garantir o melhor benefício possível junto ao INSS.

Pode ser com um planejamento previdenciário, analisando o que hoje o segurado faz e como contribui para o INSS para que possa garantir no futuro a melhor aposentadoria.

Pode ser administrativamente, fazendo a análise de documentos, elaborando requerimentos, representando o segurado diretamente no INSS até a fase dos recursos administrativos, se necessário.

E é claro, o advogado previdenciário pode representá-lo judicialmente em caso de negativa ou revisão de benefícios.

4. Como o advogado previdenciário pode ajudar na busca da Aposentadoria Especial?

O advogado previdenciário pode ser fundamental na busca pela aposentadoria especial do trabalhador do mármore e granito

Isso porque ele possui conhecimentos específicos sobre as normas e leis previdenciárias, e dependendo dos casos, ter conhecimentos de como é a situação da região onde o marmorista trabalha.

Pode orientar o trabalhador na busca de documentos necessários para comprovar o tempo de trabalho em condições especiais.

Nos casos dos trabalhadores do mármore e do granito, é muito importante e pode ser decisiva a participação de um advogado previdenciário na elaboração do requerimento administrativo.

Um requerimento bem feito pode evitar atrasos, idas e vindas para arrumar o pedido, ou até o pior, negativas indevidas por parte do INSS.

Se o INSS negar o pedido de aposentadoria especial do marmorista, o advogado previdenciário pode entrar com um pedido na Justiça, requerendo a revisão da decisão administrativa e a concessão do benefício. 

Ele também pode atuar em processos de revisão de aposentadorias, buscando a inclusão de períodos de trabalho em condições especiais que não tenham sido considerados pelo INSS.

5. O advogado previdenciário pode te dar outras opções (além da aposentadoria especial do marmorista)?

Sim, o advogado previdenciário pode orientar o trabalhador do mármore e granito quanto a outras opções de benefícios previdenciários que podem ser mais vantajosas ou adequadas à sua situação. 

Abaixo, alguns exemplos de como o advogado previdenciário pode ajudar nesses casos:

Aposentadoria por idade

Se o segurado não tiver tempo de trabalho em condições especiais suficiente para a Aposentadoria Especial, o advogado previdenciário pode analisar a possibilidade de requerer a Aposentadoria por Idade.

No geral, esse tipo de aposentadoria por idade, exige idade mínima de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres, e tempo mínimo de contribuição de 15 anos.

Aposentadoria por tempo de contribuição

Essa é uma outra opção para quem não preenche os requisitos da Aposentadoria Especial .

A Aposentadoria por Tempo de Contribuição exige tempo mínimo de contribuição de 35 anos para homens e 30 anos para mulheres. 

O advogado previdenciário pode auxiliar na análise dos períodos de trabalho e contribuição do segurado. Dependendo do caso, os períodos especiais podem auxiliar na contagem do tempo comum.

Benefício por incapacidade

No caso do segurado ficar temporariamente incapacitado para o trabalho devido a uma doença ou acidente, ele pode requerer o auxílio-doença.

Agora, se a incapacidade for total e permanente, o advogado pode auxiliar o segurado para que solicite a aposentadoria por invalidez.

Revisão de aposentadoria

Mesmo depois da concessão da aposentadoria, o trabalhador pode ter direito a revisões que aumentem o valor do benefício. 

O advogado previdenciário pode analisar a aposentadoria concedida e  requerer uma revisão pedindo, por exemplo, a inclusão de períodos especiais que não tenham sido considerados pelo INSS na hora de fazer o cálculo.

Fique ligado!!! 

Hoje existe uma tipo de revisão que pode alcançar quem se aposentou já há algum tempo, procure saber mais sobre a Revisão da Vida Toda.

Fale conosco

A Mozzer Advocacia analisa e cuida para que você receba o melhor benefício possível

6. Como escolher o melhor advogado previdenciário?

Como vocês viram, os trabalhadores do setor de mármore e granito podem ter direito à aposentadoria especial, um benefício previdenciário que reconhece as condições insalubres e perigosas de trabalho enfrentadas por esses profissionais. 

Viram também, que a obtenção desse benefício pode ser difícil e muitas vezes requer a ajuda de um advogado previdenciário em aposentadoria especial.

Para localizar um advogado previdenciário especialista em aposentadoria especial para trabalhadores do setor de mármore e granito, existem algumas opções que podem ser úteis:

Pesquisar na internet e nas redes sociais

Um dos jeitos mais simples de encontrar um advogado previdenciário especialista é realizar uma busca na internet, no Google por exemplo. 

Mas cuidado!!! É a mais simples, mas você tem que usar outras ferramentas para confirmar o que aparece na internet.

Existe escritório de advocacia que permite a pesquisa por área de atuação e localização, que produzem material de qualidade em direito previdenciário e que tem canais de atendimento online.

Na página do escritório, é possível encontrar informações de contato, como telefone e e-mail, para entrar em contato com os advogados responsáveis

Outra opção, são as redes sociais, como Facebook e Instagram.

Os trabalhadores do mármore e granito podem, por exemplo, encontrar o Mozzer Advocacia por meio das redes sociais:

  • Acesse o Facebook e faça login em sua conta;
  • Na barra de busca, digite “Mozzer Advocacia” e clique em “Pesquisar”;
  • A página do escritório será exibida nos resultados da pesquisa;
  • Clique em “Curtir” para seguir a página e receber atualizações do escritório.
Consultar a OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também pode ser uma fonte de informações para você confirmar se o profissional realmente é advogado.

É possível consultar o site da OAB do Espírito Santo ou entrar em contato com a seção local para obter orientações.

Vejam como é possível localizar o nosso escritório, por exemplo.

  • Acesse o site do Cadastro Nacional de Sociedade de Advogados (CNSA);
  • Insira o nome “Mozzer Advocacia” na barra de busca e selecione a cidade de atuação desejada (Vitória ou Cachoeiro de Itapemirim)

Clique em “Pesquisar” e o resultado da pesquisa irá mostrar o escritório Mozzer Advocacia e seus advogados responsáveis:

  • Anote os contatos do escritório e dos advogados responsáveis;

Os trabalhadores do mármore e granito podem localizar também qualquer advogado por meio do site da OAB assim obter ajuda especializada para buscar a aposentadoria especial.

Pedir indicações

Modo clássico de contratar um advogado.

Mas atenção, mesmo que você receba a indicação de um bom profissional, confira se ele sabe mesmo lidar com Direito Previdenciário.

Existem bons trabalhistas, civilistas, criminalistas que também advogam em outras áreas, mas não são especialistas em previdência, que é uma matéria muito específica e diferente.

Para encontrar um advogado previdenciário especialista em aposentadoria especial peça indicações a outros colegas do setor, sindicatos ou associações.

Participar de grupos de discussão

Em redes sociais ou fóruns especializados em questões previdenciárias, os trabalhadores do setor de mármore e granito podem encontrar informações úteis e compartilhar experiências com outros profissionais que estão em busca da aposentadoria especial

Esses grupos também podem ser uma fonte de indicações de advogados especializados.

7. Dicas de ouro para contratar um advogado especialista

Escolher o advogado previdenciário ideal pode fazer toda a diferença na busca pela aposentadoria especial do marmorista. 

Para isso, é importante levar em consideração alguns critérios na hora de escolher um profissional para ajudar nessa empreitada.

Importante é a reputação do advogado, que pode ser avaliada por meio de indicações de outras pessoas que já passaram pela mesma situação e conseguiram obter a aposentadoria especial com a ajuda do profissional.

Também é fundamental verificar a disponibilidade e a comunicação do advogado

O ideal é escolher um profissional que esteja disponível para esclarecer dúvidas e que mantenha uma comunicação clara e transparente com o cliente, explicando de forma simples e objetiva as etapas do processo e as chances de sucesso.

Por fim, é importante verificar a forma de pagamento e as condições de contratação do advogado. 

É preciso estar atento às cobranças de honorários e às formas de pagamento disponíveis, bem como às condições dos contratos de serviço para evitar surpresas desagradáveis no futuro.

8. Conclusão

A aposentadoria especial para trabalhadores sujeitos a ambiente insalubre e perigoso é um direito garantido por lei, mas que infelizmente pode ser difícil de conseguir devido a uma série de entraves burocráticos. 

Por isso, é fundamental contar com a ajuda de um advogado previdenciário experiente e qualificado para orientar e representar o segurado em todo o processo de busca pelo benefício.

A escolha do advogado previdenciário ideal pode fazer toda a diferença na busca pelo benefício. 

É preciso levar em consideração critérios como experiência, reputação, disponibilidade, comunicação e condições de contratação na hora de escolher o profissional para ajudar na busca da sua aposentadoria.

Caso você precise, procure um advogado previdenciário de sua confiança, para te ajudar a organizar toda essa papelada.

Esses outros conteúdos podem aumentar suas chances de ganhar o direito no INSS.

Gostou? 

Compartilha para todo mundo que precisa saber o assunto.

Fico por aqui, grande abraço!

Compartilhe esta publicação no Whatsapp
LEOMAR MOZZER
LEOMAR MOZZER

OAB/ES 30610
Advogado Especialista em Direito Previdenciário, sócio proprietário da Mozzer Advocacia. Flamenguista que ama ajudar os segurados do INSS a receber o melhor benefício.

Compartilhe este Post!


Segurança dos seus dados
Nosso site coleta informações para melhorar sua experiência, mas não usamos para outros fins.
Leia nossa política de privacidade e de cookies.